/blog

Uso de componentes, backup assíncrono, GFS + DR, multi-lingua

Relatório de uso de componentes

O relatório de Backup Status foi muito bem recebido nos últimos meses. Por meio dele, sabe-se quais servidores EC2 e RDS estão sem backup há X dias. E para evitar falso-positivo de s
ervidores que não precisam de backup, pode-se marcar somente os “favoritos”.

Ao lado deste importante diagnóstico, acrescentamos mais 3 novas checagens que visam a ajudar a não gastar com componentes não utilizados:

  • Discos sem uso;
  • IPs elásticos não conectados a instâncias;
  • Load Balancers sem servidores conectados

Esta aplicação está localizada no dashboard. Veja um exemplo:

report-usage

Uso dos componentes – todas as contas e todas as regiões

Precisa de algum item novo? Mande para nós – já temos diversos outros mapeados!

Para facilitar a visualização do uso e do “não uso” dos IPs Elásticos, incluimos uma visão unificada de todas as regiões e contas AWS no mesmo nível dos demais componentes:

elasticip-list

A partir desta lista, pode realizar ações como conectar, desconectar o IP de um servidor, destruir e criar um novo IP. Todas as ações são auditadas.

Backup assíncrono

O uso do EC2 Command em conjunto com a criação de backups para fins de melhorar a consistência se popularizou muito depois que lançamos o suporte a execução de scripts.

É comum criar um workflow agendado com a sequêcia de tarefas:

  • execução de EC2 Command para colocar filesystem em modo freeze ou banco de dados em “Backup mode”;
  • execução do backup – que pode ser assíncrono!
  • execução de EC2 Command para descongelar o filesystem ou desligar “Backup mode”;

Com o suporte assíncrono não é mais necessário aguardar o fim do backup para ir para a próxima tarefa.

backup-async

Suporte oficial a multi-língua

Oficializamos o suporte a inglês, com escopo e configuração por conta AWS:

  • língua;
  • fuso horário do provedor;
  • formato de data do provedor (dd/mm/YYYY ou mm/dd/YYYY);
  • usuários e perfis com permissões customizadas com acesso a componentes e funcionalidades dos provedores;

Além disto, é possível configurar o Cloud8 como white label, conforme um dos últimos comunicados:

  • logotipo por conta AWS – será colocado no cabeçalho nos comunicados via email deste provedor e no painel de controle;
  • usuário SMTP – o usuário ‘From’ que envia os comunicados;

GFS: customização para retenção de cópias

Incluimos nas políticas de retenção GFS a opção de apagar uma cópia em outra região com dias exclusivamente configurado para esta ação.

No GFS, escolhe-se o número de dias para reter backups diários, semanais e mensais. Com a nova opção, uma cópia de um backup para outra região pode ser apagada em menos dias – já que a cópia, para fins de disaster recovery, não precisaria ficar retida por vários dias, dado que uma recuperação com dados antigos não faz muito sentido.

Auditoria e remoção de backup

A auditoria mostra o motivo detalhado do porquê um backup ou snapshot foi removido e qual política de retenção e regra aplicadas. Exemplos:

  • Remoção por Tempo configurada: mais antigo que 5 dias, criado por meio deste sistema;
  • Remoção por Tempo configurada: mais antigo que 37 dias, não criado por meio deste sistema;
  • Remoção por GFS ‘Nova politica de retencao’, regra diaria (5 dias);
  • Remoção por GFS ‘Nova politica de retencao’, regra para copia (2 dias);

Métricas: suporte a histórico de 15 meses

Recentemente o AWS anunciou o suporte a guardar todas as métricas por 15 meses. O Cloud8 também passa a suportar este período. Com a aplicação de métricas é possível:

  • Métricas mais comuns de EC2, RDS e EBS;
  • Gráficos customizados por período, intervalo, tipo de métrica;
  • Combinação de métricas de vários serviços. Ex: CPUs de servidores de aplicação + CPU do RDS associado + I/O disco do EBS – facilita a análise e correlação;
  • Gravação de filtros/atalhos dos relatórios;
  • Exportação dos gráficos em imagem ou PDF ou dos dados em CSV;

Lista de preços EC2/RDS

Com o objetivo de facilitar a busca dos preços EC2 e RDS, criamos uma lista em que se busca o preço sob demanda por tipo de instância, região e plataforma (Linux ou Windows). Basta clicar em “Preços EC2/RDS” no menu esquerdo.

O perfil de usuário ‘finance’ (usuários que acessam o Cloud8 para fazer análise de custos) também pode ser configurado com a opção de se liberar ou não permissão de acesso a esta nova funcionalidade.

Outros

Seguem outras melhorias e correções que merecem destaque:

  • Discos: na criação de um novo disco, pode-se escolher um dos 5 tipos de EBS disponíveis;
  • Restore de snapshot para criar um novo disco, também pode se escolher um dos 5 tipos de EBS disponíveis;
  • Suporte as regiões do Canadá e Londres;
  • Alarmes de custos para contas consolidadas;
  • RDS: alertas de aplicação de patch no Aurora, failover de Aurora e crash no binlog de replicação;
  • Custos: suporte a análise de novos produtos – Budgets, QuickSight, Rekognition, GameLift, Step Functions, Polly, Athena, LightSail;
  • RIs: alerta se estiver usando instâncias reservadas com escopo de zona de disponibilidade – a melhor prática é usar como ‘região’;
  • Suporte a novos tipos t2.xlarge e t2.2xlarge;
  • Suporte a novos tipos R4;
  • Agendador: filtro de busca de componentes funciona com o ID;
  • Agendador: separação das tarefas de execução de script Web e script EC2 Command para ficar mais claro;
  • Paginação de componentes aumentada para até 300;
  • Mudar a classificação de um backup/imagem e sua política de retenção pode ser feito em massa, selecionando-se vários backups ou snapshots ao mesmo tempo;
  • LoadBalancers: opção de forçar a sincronização com o AWS caso um novo LB seja adicionado ou removido e não se quer aguardar a sincronização automática;
  • Diversas melhorias de performance.

Comentários, críticas, sugestões? Manda para nós!

Equipe Cloud8

Conheça o Cloud8! Acesse nossa calculadora e simule o seu cenário, ou crie sua conta para um teste de 15 dias sem compromisso clicando aqui.

Comentários