Agendador de tarefas

A função primordial do agendador é automatizar a execução de tarefas repetitivas, ganhando produtividade e economizando.

Atualmente é possível agendar as seguintes tarefas para os servidores de seu cloud:

  • Backup (EC2 e RDS) – o agendador criará uma imagem do servidor. A criação de uma imagem é equivalente a se criar um backup, já que esta imagem pode ser transformada em um servidor a qualquer hora. Para fazer o backup, a Amazon reboota o servidor para garantir a integridade dos dados nos discos. Também é possível definir neste momento a política de retenção (como o Cloud8 irá limpar ou não um backup antigo);
  • Cópia para outra região (EC2 e RDS) – após o backup é possível definir se o backup será copiado para outra região. Usado para fins de Disaster Recovery;
  • Upgrade/downgrade (EC2 e RDS) – o agendador irá fazer um upgrade ou downgrade de tipo do servidor. Também é possível escolher se o servidor terá discos convencionais ou discos com I/O otimizado (EBS Optimized). Exemplo: um servidor que é m1.large + I/O otimizado durante o dia, pode se tornar um m1.small a noite. Para que esta mudança de tipo seja feita, a Amazon reboota o servidor. Para o caso do RDS ainda é possível ligar/desligar MultiAZ/SingleAZ economizando 50%.
  • Iniciar o servidor – o agendador irá iniciar o servidor e conectar o IP Elástico já associado a ele. Se o servidor não tiver um IP Elástico, ele ganhará um IP dinâmico;
  • Parar o servidor – o agendador irá parar o servidor. Você pode ainda escolher a opção de ‘Parar forçado’. A diferença é que a Amazon, no primeiro caso, tenta dar um soft ‘shutdown’, mas se houver um processo que se recusa a terminar, o servidor pode ficar no estado de ‘fazendo shutdown’ indefinidamente. O ‘forçar’ equivaleria a tirar da tomada e literalmente desligar o servidor;
  • Conectar a um Load Balancer;
  • Desconectar de um Load Balancer.
A periodicidade dos agendamentos pode ser simples ou avançada. Nós suportamos:
  • Diário: todos os dias, fins de semana ou dias úteis
  • Semanal: combinação dos dias da semana. Ex: segunda e quinta, etc
  • Mensal: dia específico do mês, primeira segunda do mês, último dia do mês

Principais casos de uso

A criatividade é o limitante, mas existem alguns cenários mais comuns em que os clientes já estão se beneficiando:

  • Backup – durma tranquilo. Agende a criação dos seus backups para todos os dias de madrugada e receba um email de que tudo funcionou bem;
  • Economia – se o seu sistema/blog/site for menos usado no fim de semana, por que não ‘reduzir’ o tipo e economizar dinheiro ? Exemplo: de sexta para sábado você pode transformar um servidor ‘large’ para ‘small’ e na segunda de madrugada retorná-lo a ‘large’! Você pode alcançar uma economia de mais de 30% na sua conta!
  • Ambiente de desenvolvimento – por que deixar um ambiente de desenvolvimento ligado o tempo inteiro ? Se ele é utilizado somente em horario comercial, crie agendamentos para desligá-lo durante a semana e no fim de semana. Você pode alcançar uma economia de 60% na sua conta!
  • Picos programados – com agendamentos customizados como “Última quinta-feira do mês” é possível agendar um upgrade de servidor para rodar um processo demandante. Exemplo: uma aplicação de folha de pagamento ou uma campanha na televisão que precisa turbinar a capacidade de receber acessos simultâneos;
  • Esquecimento – isto mesmo, para pessoas esquecidas :). Quantas vezes você já não esqueceu um servidor ligado e depois de 2 semanas notou que a sua conta quase dobrou ? Se você criar um agendamento preventivo para parar o servidor, não terá mais surpresas no fim do mês.

 

Tags: